Aquivo do autor: Marco Gouveia

Marcelo Rebelo de Sousa pode ser candidato às Eleições Presidenciais 2016

Marcelo Rebelo de Sousa poderá ser candidato às eleições presidenciais 2016. Apesar de no início deste ano terem decorrido as presidenciais 2011, e ainda faltarem cinco anos para que exista uma nova eleição, alguns sociais-democratas já começaram a manifestar o seu apoio a uma possível candidatura do ex-líder do partido.

A pressão já está sobre Cavaco Silva, em Belém já se especula sobre o possível substituto do Presidente da República reeleito em Janeiro deste ano.

Mota Amaral (ex-presidente da Assembleia da República) e Guilherme Silva (vice-presidente da Assembleia da República) são duas figuras do PSD que já deixaram claro que apoiariam uma candidatura de Marcelo Rebelo de Sousa à Presidência da República. O próprio já assumiu a ambição de ser candidato a Belém nas próximas presidenciais e avisou as hostes sociais-democratas: «Escolherei o momento e no momento escolhido decidirei se faz sentido ou não faz sentido».

Também existe a especulação de Durão Barroso, que termina o seu mandato de presidente da Comissão Europeia em 2014, poder vir a candidatar-se às presidenciais 2016. Barroso tem um grupo de fiéis apoiantes (que também esteve com ele no Governo) que o gostaria de ver em Belém.

Novo projecto: Política Portugal

Para dar continuidade ao Presidenciais.com foi criado o projecto Política Portugal.

Suportado pela mesma ideologia de aproximar os portugueses da política, este espaço pretende não só ser informativo mas também de partilha de opiniões. Qualquer cidadão pode expressar-se comunicando as suas ideologias e apresentando as suas soluções.

O Política Portugal é um projecto que, tal como o Presidenciais.com, não transmite cores partidárias. Somos acima de tudo, portugueses.

A equipa do Política Portugal está receptiva a sugestões, dúvidas e propostas, basta contactar-nos aqui.

Acompanhe o projecto no twitter e no facebook.

www.politicaportugal.com


Entrevistas na Rádio Renascença com os candidatos às Presidenciais 2011

Depois das entrevistas realizadas aos candidatos às Presidenciais 2011 na RTP, a Rádio Renascença também esteve à conversa com os seis candidatos a Belém.

Cavaco Silva, Defensor Moura, Fernando Nobre, Francisco Lopes, José Manuel Coelho e Manuel Alegre foram entrevistados em formato mais curto do que as entrevistas televisivas.

Para ouvir as entrevistas clique aqui. Em seguida, clique em cima da cara de cada um dos candidatos para ver a respectiva entrevistas.

Presidenciais em 10 Passos | uma iniciativa da Add On Talent

O projecto que vos apresentamos hoje designa-se Add on Talent e pretende ser uma plataforma de concretização de ideias e projectos  inovadores com impacto social.

A primeira iniciativa da Add on Talent, gerida pelo jovem de 25 anos Pedro Dias Marques, procura ser uma ferramenta de esclarecimento e consciencialização cívica para as Eleições Presidenciais 2011 que decorrerem no dia 23 de Janeiro – Presidenciais Em 10 Passos. Um projecto não partidário que ambiciona através de um conjunto de acções e conteúdos didácticos e inovadores, alertar as pessoas para a importância do voto mas também formar as crianças para o seu futuro dever cívico.

A iniciativa conta com o apoio de jovens de diversas áreas e professores universitários de Direito. Para obter mais informações sobre o Presidenciais Em 10 Passos basta visitar o site www.d10passos.com

Pode ainda acompanhar a iniciativa no Facebook D10Passos.

Cavaco diz que “nada está decidido” e apela ao voto dos jovens

A noite de fecho da campanha de Cavaco Silva foi palco para uma confissão do actual Presidente. Cavaco acredita que “nada está decidido”.

Aos jovens o Chefe de Estado deixou um “vibrante apelo” para votarem e avisou que não devem deixar “os outros escolher” o seu futuro.

Aos eleitores indecisos, Cavaco Silva pede que “pensem bem” e escolham “o mais bem preparado” e disse que o Presidente da República “não pode ser qualquer um”, nem pode “dizer aquilo que lhe vem à cabeça a cada momento sem saber daquilo que está a falar”.