Todos, menos Cavaco, querem a segunda volta

Uma sondagem divulgada no dia 19 de Janeiro colocava Cavaco Silva como o vencedor das eleições presidenciais de domingo com 61% dos votos. Ainda assim, os restantes candidatos mostraram-se confiantes numa segunda volta do escrutínio.

“Não se deixem impressionar com sondagens ou com notícias (…) isto vai ser disputado até ao fim e posso dizer que o meu staff está a preparar a segunda volta. Nós sabemos que estamos muito perto da segunda volta das presidenciais, pois isto está a dar a volta”, disse Manuel Alegre, o candidato apoiado pelo PS e BE.

Já o independente Fernando Nobre, insiste que vai vencer Cavaco Silva e que vai à segunda volta das Presidenciais 2011 e desafio o seu adversário socialista para que desista em seu favor na segunda volta.

O candidato apoiado pelo PCP (3,3% na sondagem) garante que a sua candidatura é a única “verdadeira alternativa para defrontar Cavaco Silva” numa segunda volta das eleições presidenciais.

José Manuel Coelho manifestou-se “contente” com os 2,1% de votos que a sondagem lhe atribui, à frente de Defensor Moura – 1,2% e sem comentários ao estudo – reiterando que “ainda há condições” para a sua candidatura passar à segunda volta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *