Afinal Cavaco vai gastar mais do que Alegre

Numa tentativa de convencer os eleitores portugueses que a sua campanha iria ser adaptada à crise, Cavaco Silva prometeu que não iria ultrapassar metade das despesas permitidas por lei, assumindo ainda que na rua não se iria investir num único cartaz exterior.

Ao que parece, Manuel Alegre fez melhor as contas de poupança que Cavaco, enquanto o actual Presidente prevê gastar cerca de 2,1 milhões de euros, o opositor apoiado pelo PS e BE estima despesas de 1,6 milhões de euros. Cavaco vai gastar mais 590 mil euros (mais 37%) com a campanha eleitoral para as Presidenciais 2011 do que Manuel Alegre.

Dos restantes candidatos, apenas Defensor Moura admite a previsão de gastos na ordem dos 250 mil euros, enquanto Francisco Lopes (PCP) e o candidato independente Fernando Nobre ainda desconhecem os custos totais da campanha eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *