Marcelo descarta a possbilidade do surgimento de um candidato à direita

Marcelo Rebelo de Sousa, Ex-líder do PSD, considera como “indesejável” a possibilidade do surgimento de um novo candidato presidencial à direita, sendo que tal levaria à substituição de Cavaco Silva por Manuel Alegre.

Em declarações à agência Lusa, Marcelo Rebelo de Sousa revelou a forma como encara a possibilidade da candidatura de um representante da direita às Presidenciais de 2011.  Segundo ele, a sua opinião prende-se ao facto de não existir “nenhuma personalidade nem nenhum sector que possam avançar com uma alternativa forte, significativa e de peso”. Ainda em sequência, Marcelo referiu que, na sua opinião, seria “suicida da parte da direita, tendo um candidato potencialmente vencedor, ir entregar a vitória à esquerda”.

Embora tenha demonstrado respeito pelo candidato do PCP, Marcelo acredita que a disputa pelo cargo de Presidente está exclusivamente confinada a dois candidatos: Manuel Alegre e Cavaco Silva.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *